14.2.08

Bourdain ídolo

Os maus (porém bons) bocados do chef Anthony Bourdain
O Estado de S. Paulo - 14/02/2008 -
por Pedro Henrique França
O franco-nova-iorquino Anthony Bourdain vem causando controvérsia desde 2001, quando lançou Cozinha confidencial e mostrou bastidores não muito agradavéis de restaurantes famosos; compilou artigos (Em Busca do Prato Perfeito); escreveu romance (Bobby Gold, Leão-de-Chácara); e revelou receitas do Les Halles, onde trabalhou em Nova York. Agora, com o humor e ironia que o consagraram, o chef-escritor traz em Maus bocados (Companhia das Letras, 360 pp., R$ 49,00) um diário de viagem onde descreve as peripécias de um cozinheiro curioso que viaja pelo mundo descobrindo pratos - do mais simples ao exótico. "O livro foi uma forma de mostrar coisas que não consegui levar ao meu programa de tevê porque ele era muito curto", diz ele em entrevista exclusiva ao Paladar. O livro chega às livrarias dia 26/03.
>> Leia mais

(Soy fana de Anthony Bourdain. Igual me debo un comentario mayor sobre los canales de la "buena vida", especialmente El Gourmet, y la cocina como espectáculo. Ya vendrá.)